Sobre

a sociedade

A Sociedade Brasileira de Trombose e Hemostasia (SBTH ) foi criada em 10 de outubro de 2018 com certificação pelo Conselho Federal de Medicina/CREMESP em 20 de fevereiro de 2019 e reconhecimento pela Internacional Society on Thrombosis and Haemostasis (ISTH) em março de 2019, a sua criação preencherá lacuna na Medicina em nosso País.

Estima-se que 200.000 habitantes por ano são acometidos por algum fenômeno trombótico com elevado impacto na morbimortalidade e sendo que a grande maioria dos pacientes são dependentes de serviços públicos.

A SBTH irá fomentar políticas governamentais, educacionais e assistenciais, assim como promover pesquisas médicas relacionadas à Trombose/Hemostasia.

Outro ponto de importante atuação é dar subsídios aos pacientes portadores de doenças hemorrágicas adquiridas ou congênitas. No transcorrer de nossos trabalhos estaremos abertos em receber sugestões e críticas para que tenhamos uma Sociedade forte e grandiosa.

Dr. Cyrillo Cavalheiro Filho, Presidente da SBTH, 10 de Maio de 2019

Estima-se que

200.000

habitantes

por ano

são acometidos por algum fenômeno trombótico.

A SBTH irá

fomentar políticas

e promover

pesquisas médicas

nosso

objetivo

A SBTH tem como objetivo principal promover educação continuada e propagar conhecimento para a redução de tromboembolismos e suas consequências. A SBTH trabalhará para o fomento de políticas governamentais, educacionais e assistenciais, e na promoção de pesquisas médicas relacionadas ao tema.

Sempre pautada em valores éticos, a Sociedade está comprometida com a valorização do profissional da saúde, com o fornecimento de atualização científica, com a formação e o aperfeiçoamento técnico nas suas diversas áreas de atuação.

Membros

do conselho

Unidos pela missão de difundir o conhecimento em Trombose e Hemostasia, para a promoção de atividades científicas e educacionais, para fomentar o intercâmbio e difusão de informações de forma interdisciplinar, e para colaborar com a prevenção, o diagnóstico e o tratamento em benefício dos pacientes.